O benefício de um pênis maior é óbvio

O benefício de um pênis maior é óbvio: uma maior autoconfiança. Homens que têm um micro-pênis pequeno ou até mesmo chamado de micro-pênis, muitas vezes sentem-se pouco viris e, portanto, inseguros no curso de parceiros sexuais .

O mesmo é verdadeiro para os resultados de outro estudo da Califórnia com 50.000 participantes, que descobriram que 85% das mulheres estavam satisfeitas com o tamanho do pênis de seus parceiros, enquanto apenas 55% dos homens compartilhavam essa opinião.

Do ponto de vista médico, o aumento do pênis só deve ser feito se o pênis for objetivamente pequeno e houver uma quantidade considerável de sofrimento. Qual tamanho é considerado “normal” não está definido. Em um estudo internacional de larga escala, realizado no Kings College London e publicado no British Journal of Urology em 2014, o comprimento médio do pênis no estado flácido era de 9,16 cm. (Link PubMed) Com um comprimento de pênis inferior a 7 cm no estado erigido fala-se de um chamado micro-pênis.

Para quem um alargamento do pênis operativo em questão vem (aumento do pênis, aumento da circunferência do pênis), em última análise, deve sempre ser decidido individualmente. Para isso, uma educação profissional em uma conversa pessoal é essencial. Pacientes que têm um alto nível de sofrimento devido a sua duração do pénis será dada uma discussão detalhada das diferentes opções de tratamento e os resultados que podem ser realisticamente alcançados.

Para homens com um pênis já longo ou uma expectativa irrealista, aconselhamos contra o aumento do pênis cirúrgico. Sob as condições de uma discussão preliminar abrangente e uma conscienciosa e séria consideração de razões e objetivos, o aumento do pênis pela cirurgia é um método de tratamento seguro e eficaz.

Extensão do pênis por ligamentólise (transecção dos ligamentos penianos)

A parte mais longa do pênis está escondida dentro do corpo e não é visível. Esta parte do pênis está ancorada ao osso pélvico com os chamados ligamentos ( ligamentos penianos). Os ligamentos não desempenham um papel crucial na função do pênis, mas mantêm o pênis “preso” na pélvis.

Um aumento do pênis normalmente leva:

Um aumento do pênis normalmente leva de uma a duas horas para ser concluído. A operação em combinação com o tratamento de arrasto conduz frequentemente a uma extensão do pênis de 4-6 cm no estado de folga. O comprimento na condição ereta geralmente não é afetado em maior grau.

O procedimento do espessamento do pênis

Em um espessamento do pênis, células de gordura ou um enxerto de pele são colocados entre os corpos fúngicos (tecidos eréteis) e a pele do pênis. Desta forma, um espessamento de até 30% em folga e até 10% é conseguido em condição ereta.

As células de gordura são retiradas de outras partes do corpo (transplante de gordura) e são injetadas sob a pele do pênis. Normalmente aprox. 20-30 ml.

Ao colocar a pele, ela é transplantada do próprio corpo ou de um doador. A pele é então inserida através de uma incisão colocada na pele do pénis. No caso de transplante de pele, a circuncisão também deve ser realizada.

Como as células de gordura e a pele são elementos orgânicos, existem riscos associados à reabsorção pelo corpo, de modo que o espessamento devido a isso não é permanente. Há também o risco de que a cura não seja tão desejada, por exemplo, causando cicatrizes e resultando em distorção. Normalmente, um deve ser capaz de corrigir isso usando um tratamento de arrastamento que é realizado por aproximadamente meio ano.

Como é realizada a ampliação do pênis?

O pênis pode ficar mais tempo em repouso por uma forma relativamente simples de cirurgia íntima . Através do procedimento, o pênis pode ser estendido tanto quanto aprox. 4-6 cm em modo de descanso. No entanto, o efeito no comprimento do pénis em estado erecto ou duro é um pouco mais modesto.

A cirurgia é feita em anestesia, ou seja, você dorme durante o procedimento. O cirurgião (geralmente cirurgião plástico ) corta a faixa que fixa a raiz do pênis ao osso púbico. Isso significa que parte do pênis que está normalmente oculto aparecerá e se tornará visível. Após a cirurgia, o pênis deve ser esticado para evitar que o pênis se retraia para sua posição original.

Aumento do pênis com ajuda de drogas

A técnica feminina é a injeção dos preenchedores, à base de ácido hialurônico. Este procedimento informa aqueles que são um dos corpos que são muito desproporcionais. Com a introdução de drogas, o que pode aumentar em 30%. No entanto, o efeito deste procedimento é de cerca de um ano. Tempo necessário para dissolver o ácido hialurônico.

Apresentando a pele de células de gordura corporais privadas para o paciente e pode aumentar a espessura do corpo . O procedimento é chamado de lipofilling. Modificações de tais operações – introdução ao corpo de matriz orgânica com as células do tecido que sustentam o paciente ou a introdução do retalho, retirado do reto abdominal.

Na maioria das vezes implante implantado com os homens que foram mediação cirúrgica na área do reto, bexiga e próstata. Há um grande número de próteses. Mais admissíveis são as variáveis ​​de rigidez inflável. Para o aumento na construção normal de tais operações que não são feitas.

Apenas 33 mulheres admitem sem hesitação e constrangimento que sim, juntamente com o entendimento erótico, as dimensões contam em um relacionamento. A consciência do valor do tamanho aumenta proporcionalmente à idade da mulher: meninas muito jovens não dão números de sexo iguais.

Como aumentar o tamanho do pênis sem um bisturi

Do ponto de vista científico, o comprimento do pénis é considerado normal se tiver pelo menos 4 cm no estado calmo deste órgão e não menos de 7,5 cm no estado estressado. Algumas correções a essa norma podem ser feitas pela altura de um homem e pelo índice de massa corporal, o que pode indicar desvios entre o peso de uma pessoa e seu tamanho corporal.

Mas, como mostram as filas nas salas urológicas, nem todos concordam com esse ponto de vista. Um homem com um membro pequeno, que o urologista se recusou a enviar ao cirurgião, continua a confiar apenas em métodos não cirúrgicos de alongamento do membro, o que, se você procurar na sua caixa de correio para spam, é muito anunciado na Internet.

O aumento do pênis o que comer

Suas articulações do joelho doem já após meia hora de badminton. Muito ruim, porque na verdade você adora comer esportes. Agora pode começar de novo, com beachminton. Funciona como badminton, mas é jogado em 30 de areia profunda. A suscetibilidade a lesões diminui o aumento do pênis. As paradas muito problemáticas para as juntas caem no solo arenoso. E beachminton está jogando agora aumento de pênis no corredor. Sempre treine apenas repetições.

O pretzel é um sinal tradicional do comércio de padaria. Por causa de seu valor de símbolo de ampliação de pênis e sua popularidade, Brezel também é freqüentemente usado para nomear uma variedade de coisas. Comer para nomear um pênis Research Station alargamento Rainforest, que é colocado na forma de um verme de enrolamento com a rede como uma plataforma para as copas das árvores, servido por causa do pênis de forma semelhante alargamento comer o xará pretzel: Um significado coloquial da área linguagem bávara é: como a importação cultural alemão comer o pretzel como um pretzel aumentará naturalmente o pênis sexualOs Estados Unidos popular, mas é geralmente lá como pastelaria macia e com significativamente o que açúcar alimentos de conteúdo na Alemanha e quando consumidos, muitas vezes revestidos com mostarda comer também em creme de queijo mergulhado. A cadeia de fast-food que comer inteiramente na produção de alargamento do pénis especializada que pretzels e que opera de alimentos a partir de escritórios nos Estados Unidos.

Coloque as mãos na ampliação do pênis Para o aumento do pênis. O aumento do pênis que está nos bolsos é um gesto completamente natural, o que torna este método muito popular. Coloque as duas mãos nos bolsos para não despertar suspeitas de aumento do pênis, o que as utiliza para pressionar sua ereção para se alimentar contra o corpo. Tente mover suas mãos aumento do pênis o que acalmar seu amiguinho. Cubra sua área da virilha com qualquer coisa. Comendo suas calças não comem bolsos Os homens devem sempre ter bolsos em suas calças se você comer você não pode passar para outra posição. Neste caso, você deve procurar algo que possa segurar sua virilha para esconder sua excitação.

Impotência física

Se você começar a sentir impotência, pode ser uma ótima idéia ir ao médico e ver se tudo está como deveria. Pois a impotência pode ser um sinal de distúrbios mais sérios, como diabetes, problemas renais e aterosclerose, que pode ser o primeiro passo para uma doença cardiovascular mais grave.

Estou bem ciente de que os homens não são, como ponto de partida, particularmente enganados em ir ao médico – e certamente não quando se trata de impotência e disfunção erétil. Mas a menos que você esteja absolutamente certo de que os problemas são causados ​​por problemas mentais, pode haver uma boa razão para apenas verificar o sistema para ter certeza de que não há nada sério a respeito. Não importa o que a sua falta de viagem é devido, há a oportunidade de tratá-lo – por isso é apenas ficar no caminho para que você possa ter uma vida sexual boa e saudável de volta sem todas as preocupações e sentimentos frustrantes.

Se você acha um pouco difícil ir ao médico, então pode ajudá-lo a pensar que o médico está acostumado a falar sobre disfunção erétil, já que é algo de que muitos homens sofrem. Em seguida, pode ajudá-lo a se concentrar em todas as coisas boas que podem vir de ir ao médico e descobrir qual o tratamento para a impotência é melhor para você.

Impotência (disfunção erétil)

Impotência ou disfunção erétil é algo que afeta quase todos os homens em algum momento de suas vidas. Problemas de potência repentina podem ser causados ​​por estresse mental, enquanto distúrbios furtivos podem indicar alguma doença. Para a grande maioria, ajuda eficaz está disponível.

A impotência, na linguagem profissional, a disfunção erétil, pode afetar negativamente sua autoconfiança, sua identidade e seu senso de masculinidade. Isso, por sua vez, pode ter repercussões em seus relacionamentos com seu parceiro e com outras pessoas. Não é incomum a disfunção erétil causar depressão.

Nós deveríamos estar realmente mais surpresos que tudo geralmente funcionasse tão bem. A ereção requer uma interação complicada entre o sistema nervoso, vasos sanguíneos, hormônios e psique. A capacidade do homem de suportar é extremamente sensível a vários tipos de distúrbios. Por exemplo, fraquezas emocionais, estar cansado, estressado ou preocupado podem facilmente dar origem a uma falha temporária da potência.

Distúrbios neurológicos também podem causar impotência

Os distúrbios neurológicos também podem causar impotência. Como resultado, a disfunção erétil ocorre mais freqüentemente em homens com ou sem, por exemplo, acidente vascular cerebral, doença de EM, doença de Parkinson ou lesão da medula espinhal. A disfunção erétil também pode ocorrer após alguma cirurgia, especialmente se for uma cirurgia de ânus ou próstata. Em homens mais velhos, a impotência pode começar a ocorrer após qualquer cirurgia importante.

Causas mentais ou psicológicas
angústia
tensão
depressão
estresse pós-traumático
estresse psicológico
A impotência é muito mais que falta de desejo sexual. Muitas vezes, aqueles que sofrem de disfunção erétil têm um desejo sexual, mas uma incapacidade de executar o ato. Na maioria dos casos, a disfunção erétil pode ser causada por fatores psicológicos e não por fatores físicos.

Em pessoas de meia-idade, as causas da disfunção erétil são frequentemente diferentes, embora a tensão também possa ocorrer nelas. No entanto, na meia-idade, causas psicológicas mais comuns são fatores como estresse, ciúme, trabalho excessivo, sentimento de culpa ou simplesmente não sentir o suficiente para atrair o parceiro. O sentimento de culpa muitas vezes pode ocorrer, por exemplo, se a esposa de um homem está morta e um homem viúvo está fazendo sexo com uma segunda mulher pela primeira vez.

Além disso, fatores psicológicos que afetam a disfunção erétil podem ser, por exemplo, depressão ou baixa autoestima. Ambas as doenças podem causar problemas de ereção e uma combinação de ambos é uma combinação particularmente perigosa.

Conversar com um terapeuta sexual também pode ajudar na resolução de problemas psicológicos. Isso geralmente envolve reuniões com o terapeuta, não apenas com o próprio homem, mas também com o parceiro.

Causas relacionadas ao estilo de vida
fumador
alguns medicamentos como anti-histamínicos, antidepressivos, medicamentos para baixar o colesterol, anti-hipertensivos e anticâncer
abuso de álcool
ciclismo longas distâncias


O fumo do estilo de vida é um fator de risco muito alto para a impotência. Vários estudos mostraram que homens com problemas cardíacos têm duas vezes mais probabilidade de sofrer de disfunção erétil se também forem fumantes. Além disso, a disfunção erétil pode ser causada pelo uso abundante de álcool, bem como alguns medicamentos, bem como excesso de peso e condições físicas precárias. Às vezes, o uso de um preservativo também pode contribuir para a disfunção erétil de um homem, porque colocar o preservativo no lugar interrompe a situação sexualmente excitante. Isso pode levar a uma ereção anteriormente severa sendo prejudicada ou mesmo interrompida por completo.

Sobre o problema da disfunção erétil

As causas endócrinas da disfunção erétil incluem principalmente hipogonadismo – uma função insuficiente das glândulas sexuais e sua baixa produção do hormônio masculino testosterona. Além de problemas com a ereção neste estado, um homem percebe um aumento no timbre de voz, cessação do crescimento do cabelo no rosto e no corpo, deposição de gordura no peito, coxas, nádegas. Por via de regra, tais modificações ocorrem em violações severas do sistema hormonal do corpo humano, e nestes casos, a ajuda de um endocrinologista é necessária. Felizmente, essas doenças são relativamente raras. Saiba mais em Endoxafil.

Outra causa endocrinológica de problemas de ereção pode ser um tumor hipofisário – uma das glândulas endócrinas mais importantes do corpo humano, que está localizado no cérebro. Se tal tumor secreta um hormônio chamado prolactina, então nenhuma outra alteração no corpo além da disfunção erétil persistente será notada. Neste caso, para o diagnóstico, é necessário não só examinar o estado hormonal de uma pessoa, mas também realizar uma tomografia computadorizada do cérebro.

As causas neurológicas da disfunção erétil podem ser atribuídas a doenças como epilepsia, doença de Parkinson, esclerose múltipla, lesões do cérebro e da medula espinhal, pelve e períneo e várias operações nessas áreas. Como regra geral, outras manifestações da doença são tão graves e graves que os problemas de ereção vão ainda mais longe do que em segundo plano. No entanto, um prejuízo acentuado da função erétil após a cirurgia ou lesão, muitas vezes se torna um problema sério. Infelizmente, mesmo aqui as possibilidades da medicina moderna deixam muito a desejar, e é raro quando tais pacientes podem ser ajudados de maneira diferente do que implantando um pênis protético.

Esses distúrbios podem se desenvolver em doenças como endarterite, aterosclerose da aorta e grandes artérias, aneurisma da aorta, varizes, como resultado de várias lesões na região pélvica e no períneo. Infelizmente, as causas das violações do mecanismo vascular da ereção hoje não são tão bem estudadas que, em cada caso, foi possível identificar com segurança a causa raiz que causou a violação da função erétil.

Especialmente é necessário se debruçar sobre os problemas de ereção com hipertensão e diabetes mellitus. A disfunção erétil com eles pode estar associada a diferentes grupos de causas – neurológicas, vasculares, locais e medicamentosas. E isso faz com que o tratamento dos problemas eréteis com essas doenças seja extremamente difícil.

Homens que sofrem de disfunção erétil

Homens que sofrem de disfunção erétil, tentando de qualquer maneira esconder sua inconsistência sexual. Sozinho pelo simples silêncio, outros exagerando sua saúde sexual em detalhes vívidos. A única coisa que une esses dois grupos de pessoas é que ninguém saberá a verdade real sobre a norma e a patologia. Acontece um circuito fechado, para quebrar o que só pode ajudar os especialistas.

Entre as causas da natureza orgânica que interferem com o suprimento normal de sangue para os genitais para alcançar uma ereção completa, destacam-se três principais:

fator hormonal (violação da síntese de hormônios ou a percepção de sinais hormonais);

distúrbios neurogênicos (associados a distúrbios de sensibilidade);

fator vascular (problemas vasculares que impedem o pênis de se encher de sangue).

O desequilíbrio hormonal é uma das principais causas de disfunção erétil. Deficiência de testosterona e andrógenos, a predominância do estrogênio leva a uma diminuição do desejo sexual.

É a redução do desejo sexual à medida que a idade aumenta – o primeiro dos sinais de deficiência de testosterona e, neste caso, o tratamento da impotência masculina é indicado por um especialista com base nos resultados de testes relevantes.

Dependendo de quando ocorreu a impotência, pode ser primária e secundária. No primeiro caso, uma ereção em meninos não ocorre de maneira alguma. No segundo, ocorreu, mas enfraquecido ou ausente ao longo do tempo. Antes de descrever os sintomas, é importante destacar a chamada impotência fisiológica ou relacionada à idade, que se desenvolve com a idade. Linhas claras para indicar a impotência não existem, como um homem em qualquer idade continua a ser um homem no sentido pleno da palavra. Os principais sintomas que devem causar preocupação são:

Capacidade erétil diminuída ou ausente. Isto significa que os homens em idade reprodutiva que sofrem de impotência não são capazes de levar o pênis a um estado de tensão, apesar do forte desejo;

Ereção inadequada – o pênis aumenta de tamanho, mas não consegue atingir a consistência necessária para a relação sexual;

A incapacidade de manter uma ereção durante o tempo necessário para a duração normal da relação sexual, especialmente quando a ejaculação não é alcançada;

Ejaculação precoce, que ocorre em homens maduros com ampla experiência sexual;

A ausência de ereção involuntária de manhã ou de noite;

Diminuir ou completar a ausência de libido (desejo sexual) e a impotência sexual associada.

Procure soluções eficientes para eliminar seus problemas com impotência.

O colágeno é uma das proteínas mais básicas do nosso corpo

O colágeno é uma das proteínas mais básicas do nosso corpo, que, como a cola, mantém todo o corpo inteiro: une tecidos, órgãos e músculos, proporciona mobilidade e conecta os ligamentos, articulações e ossos. Juntamente com a elastina, que também é encontrada no tecido conjuntivo, o colágeno torna todos os tecidos elásticos. Quando para a “construção” de novas células não basta este “material de construção”, a pele perde sua elasticidade , e a face – elasticidade.

Se você seguir regularmente uma dieta equilibrada com várias fontes de proteína – ovos, frango, peixe, nozes, produtos lácteos, a condição da pele e do cabelo vai melhorar notavelmente. Claro, não há dados exatos, mas, segundo os cientistas, as melhorias podem atingir uma média de 20%.
Tome nota: um prato de caldo de osso é literalmente um respingo de colágeno. Não é menos útil comer carne de porco ou frango regularmente, embora nem todos tenhamos um forte apetite … Um ótimo ajudante também é o Colageno Hidrolisado Renova 31.


Frutas vermelhas e vegetais, assim como repolho e cenoura, estimulam naturalmente a produção de colágeno. Isso ocorre porque a vitamina C e o colágeno devem ser consumidos juntos. Portanto, se houver muito pouca vitamina C no organismo, isso significa que a proteína não será suficiente.
O colágeno é um tecido conjuntivo subcutâneo que suporta a elasticidade e a força da pele. Mas ao longo do tempo, este tecido torna-se mais fraco, danificado devido à forte exposição aos raios ultravioleta (raios UV). Com a perda de colágeno, a pele fica flácida e frouxa, rugas aparecem, mas existem meios que podem ajudar nesse problema, estimulando a produção de colágeno, retardando o aparecimento de sinais externos do processo de envelhecimento.

Não é de admirar que até mesmo os antigos indianos em Ayurveda tenham escrito que os jovens dependem da capacidade de conceber um filho em idade avançada. Medicina moderna anti-idade tem uma opinião semelhante e recomenda a terapia de reposição hormonal para homens e mulheres para manter a juventude. E agora a segunda teoria do radical livre fala mais sobre a influência de fatores externos. Este local de residência (metrópole ou casa de campo) e a presença ou ausência de maus hábitos e o nível de insolação, bem como a resistência natural do corpo à radiação ultravioleta e a quantidade de estresse, duração do sono e muitos outros fatores.


A propósito, quero observar que, como todas as proteínas, o colágeno é sintetizado exatamente quando dormimos. Então as frases sobre o sonho da beleza não são brincadeiras. Há outra teoria interessante – envelhecimento programado. Seu significado é que cada um de nós tem um relógio peculiar em nossos genes e nosso tempo é registrado. Eu acredito que a totalidade dessas teorias e dá uma visão geral do envelhecimento. Todos eles afetam o trabalho do fibroblasto – uma planta para a produção de colágeno.

A maca só foi cultivada com sucesso em altas altitudes

O ciclo de crescimento é anual e a maca só foi cultivada com sucesso em altas altitudes no Peru. Preparar maca como alimento não é diferente da preparação de batatas, sendo a panificação e a torrefação alguns dos métodos mais populares.
Muitas vezes, as raízes são secas durante o armazenamento a longo prazo e, em seguida, fervida, mais tarde, com o leite para criar uma papa de aveia, ou eles podem ser moído para um pó para uso medicinal , adicionado como um amido de vários pratos, inclusive, e maca raiz seca é ainda usado em uma bebida fermentada peruana chamada maca chicha.
As espécies de maca mais estudadas por pesquisadores, médicos e herboristas são exclusivas da região dos Andes, no Peru. Planejando suplementar com Maca? Certifique-se de estar usando apenas maca que tenha sido verificada como a espécie peruvianum . O lepidium cresce em muitos lugares do mundo, mas a espécie lepidium peruvianum é a principal forma de raiz de maca que foi verificada como eficaz através de estudos científicos.

Embora existam 13 fenótipos identificados de maca atualmente identificados como geneticamente distintos um do outro, a maioria dos fenótipos se divide em três variedades diferentes: amarelo, vermelho e preto.

A variedade amarela é geralmente considerada de baixo grau e funciona bem como um suplemento geral para o desequilíbrio hormonal e como um esteróide à base de plantas. Possui efeitos similares às variedades vermelha e preta, mas é geralmente considerada menos potente. R

A Maca Peruana Funciona vermelha é tipicamente mais eficaz como um balanceador de hormônios e é mostrada para fornecer alívio melhor para os sintomas da menstruação e menopausa em mulheres. A maioria dos herboristas, pesquisadores e médicos recomendam a maca vermelha principalmente para as mulheres, em oposição ao amarelo ou ao preto. Alguns homens tomam maca vermelha, como foi mostrado para reduzir a massa de uma próstata aumentada quando tomado regularmente.

A maca negra é considerada a mais potente quando usada como suplemento afrodisíaco ou energético, e é tomada por muitos atletas ou homens e mulheres que sofrem de falta de libido ou disfunção sexual. Há alguma pesquisa para indicar que a variedade negra também estimula a produção de espermatozóides e a motilidade em homens quando tomadas regularmente ao longo do tempo, e a maca negra é geralmente a espécie que é levada para fertilidade e virilidade em termos de uso histórico.